Mito ou verdade: dormir com o cachorro faz mal?

Cada vez mais os animais de estimação têm descansado junto com seus donos na mesma cama. Então, se você tem um, já deve ter se perguntado se dormir com cachorro faz mal, não é verdade?

Só que, antes de deixar o bichinho invadir seu colchão, alguns cuidados importantes devem ser tomados. Afinal, do ponto de vista da saúde do animal e do dono, existem alguns problemas que podem suceder desse hábito, como a transmissão de doenças, o contato direto com pulgas e carrapatos e as alterações no comportamento do cão.

Sendo assim, preparamos este post para que você possa tirar todas as suas dúvidas sobre esse assunto e conheça as principais medidas que devem ser tomadas nessa situação. Continue a leitura e confira!

 

Quais são os problemas que dormir com cachorro pode causar ao dono?

Dormir com cachorro é uma ótima maneira de demonstrar que você o considera parte da família. Afinal, muitos bichinhos passam longas horas sozinhos em casa e dormir próximo ao dono certamente fará com que eles se sintam mais amados. No entanto, esse hábito pode acarretar alguns problemas. Confira quais são eles!

 

Falta de higiene

Os cães têm um tipo de higiene muito diferente que provoca problemas de imunidade devido ao excesso de proximidade com os donos, causando algumas fragilidades ao organismo humano com o passar do tempo. Sem contar que obrigá-los a tomarem muitos banhos apenas para que possam dormir na cama pode ser bastante prejudicial à sua pele.

Também carregam consigo alguns alérgenos expostos no ambiente pois, querendo ou não, precisam sair de casa para fazer suas necessidades e brincar. E, enquanto estão lá fora, ficam expostos a uma série de fatores que serão posteriormente levados à cama, podendo causar micose, alergias e outras complicações.

 

Alterações no comportamento do animal

O fato de dormir com cachorro influencia diretamente em seu comportamento, deixando-o mais confiante e com o sentimento de ser o dono do pedaço. Muitos cães também têm certos costumes noturnos que podem interromper o ciclo de sono dos donos e deixar a cama muito desconfortável, causando uma grande irritabilidade e dores nas costas no dia seguinte.

Além disso, conforme esses animais envelhecem, podem ter diarreia ou incontinência urinária e o dono precisará lidar com essas situações. Sem contar que, em alguns casos, o próprio dono pode estranhar a ausência do animal durante a noite e criar uma certa dependência.

 

Quais são os principais cuidados que devem ser tomados ao aderir a esse hábito?

Você já viu que dormir com cachorro faz mal, não é verdade? Mas, se mesmo assim deseja descansar acompanhado do seu bichinho, fique atento a alguns cuidados para evitar maiores transtornos:

só coloque o cãozinho na cama se ele estiver limpo;

troque a roupa de cama semanalmente ou diariamente, se o animal soltar muito pelo;

use protetor impermeável para colchões;

limpe as patas do cachorro sempre que ele andar na rua;

utilize vermífugos periodicamente;

dê banhos pelo menos uma vez por semana;

verifique se o bichinho tomou todas as vacinas;

procure um veterinário caso haja alguma mudança comportamental.

 

Por fim, podemos notar que dormir com cachorro faz mal quando não são tomados os devidos cuidados, tanto com o comportamento quanto com a higiene do bichinho. Mesmo assim, ele deve estar sempre ciente de que o dono está no comando. Portanto, é importante reprimir certos comportamentos, como latidos e rosnados noturnos, dominação da cama e “proteção” da pessoa favorita (no caso de casais que dormem juntos).

E aí, gostou de saber se dormir com cachorro faz mal? Quer aprender a deixar suas noites ainda mais relaxantes mesmo com rinite alérgica e outras alergias respiratórias? Então, aproveite que está por aqui e leia nosso post sobre esse assunto!

compartilhe:
Outras Notícias
© Theva Comfort Innovations. Todos os direitos reservados